top of page
  • Foto do escritorVictória Conceição

O perfil do “growther”



Após explorarmos o conceito de growth hacking no último post do blog, é importante compreender como se tornar um profissional ativo nessa área, ou seja, como se transformar em um verdadeiro growther.


Você percebeu que o growth hacking é mais do que uma estratégia específica, é uma mentalidade. Ser um growther requer estar aberto a adotar um comportamento caracterizado pela criatividade e sede constante por vendas.


Quem é o growther?


Esse cara é multifacetado! Está sempre atualizado e interessado por assuntos diversos. É da vasta lista de conhecimentos de onde vem suas diferentes ideias para inovar nas vendas. O growther se destaca por habilidades diferenciadas e uma perspectiva única. Ele deve ser, antes de tudo, uma pessoa curiosa e analítica, que gosta do trabalho com dados, entre outras competências. Isso se deve ao fato de que o conceito do growth hacking se encontra, justamente, na análise constante e na realização de testes, buscando incessantemente identificar o melhor caminho para o avanço da empresa.


Algumas das principais características de um growther:

  • Observador

  • Entusiasta

  • Interessado em diversos assuntos

  • Habilidades técnicas

  • Boa comunicação

  • Mentalidade empreendedora

Como ser um growther bem sucedido no mercado


Focar em crescimento e fazer testes!


O crescimento é o grande alvo do growther e ele não descansa até chegar lá, por isso busca constantemente aprender e aprimorar suas habilidades. Isso o ajuda na hora de criar ou decifrar “atalhos” que impulsionam as vendas. Ele consegue formular estratégias criativas através de ferramentas digitais e análise de dados para identificar oportunidades de crescimento.


"Teste rápido, falhe rápido e ajuste rápido"

-Tom Peters


É fundamental compreender que o crescimento requer a realização de testes. O growther está continuamente praticando, experimentando e avaliando opções.


Principais ferramentas do growther


Um growther eficiente faz questão de conhecer e entender o uso do máximo de ferramentas de marketing que ele conseguir, pois é importante estar pronto para qualquer trabalho. Essas ferramentas automatizam os processos da empresa e ajudam a economizar tempo e dinheiro, fazendo com que ela cresça de forma escalável.


Conheça algumas das mais utilizadas:

  • Google Analytics

  • SimilarWeb

  • Google Search Console

  • RD Station

  • SEMrush

  • Hubspot

  • LeadPags

  • Slack

  • Google Trends

  • Hotjar

Um bom growther utiliza dessas ferramentas para encontrar brechas dentro do marketing que proporcionam crescimento. Através delas é possível fazer tarefas como monitorar tráfego, mapear tendências, identificar resultados de buscas, conteúdos de melhor performance, etc.


Quanto ganha um Growth Hacker?


Segundo pesquisa recente no Google, a média salarial de Growth Hacker é de R$ 17.990 por mês nessa localidade (São Paulo). A remuneração variável de Growth Hacker em São Paulo é de R$ 12.416, variando entre R$ 11.269 e R$ 52.365.


Top profissionais de Growth Hacking que você precisa seguir

1. Sean Ellis

2. Andrew Chen

3. Neil Patel

4. Brian Balfour

5. Brianne Kimmel

6. Josh Fecheter

7. Casey Winters

8. Julian Shapiro


Se você ainda não sabe o que é o growth hacking, leia o nosso artigoGROWTH HACKING - O que é e como te ajuda a Vender?


Compartilhe conosco nos comentários a sua jornada como growther ou como está fazendo para se tornar um. Queremos saber!


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page